A história é prenhe de agentes e acontecimentos
históricos que, de tão decisivos, se instauram na memória dos povos, redivivos nas comemorações e celebrações das efemérides. Sem exceção, porque a história não para e as diversas gerações inelutavelmente exumam essas figuras para todo fim, a controvérsia as precede. Aclamado sexto do nome no Brasil em 1818, D. João é arquetípico nesse sentido. O debate em torno de seu papel remonta aos tempos imediatos à independência e sempre guarda um iniludível viés político, que matiza tanto as interpretações que atribuem grande importância à presença e atuação do soberano no processo da emancipação política brasileira, como aquelas que desdenham de seu valor e importância.

 Este livro de maturidade da Professora Ismênia de Lima Martins rompe com esses binarismos reducionistas. Fiel às sólidas formação e trajetória da Autora, de historiadora social e annaliste, este livro se erige à partir de questões, de indagações que tensionam lugares comuns historiográficos da representação de D. João como persona  histórica. Para tanto, a Autora mobiliza um vasto repertório de métodos e fontes, que incluem testemunhos de época e vasta iconografia, minuciosamente devassada por um olhar longamente treinado e arguto. Uma obra destinada a ser referência nos estudos joaninos.

Mais que uma produção historiográfica oportuna no contexto do bicentenário da Independência, saudemos este livro que coroa a trajetória de uma das mais importantes historiadoras de uma geração pioneira, acadêmica engajada, aglutinadora, formadora, construtora de pontes abrigos que formaram a fina flor da historiografia brasileira no último meio século.

 

Jurandir Malerba

Professor Titular Livre da UFRGS

D. João VI - Um rei e muitas controvérsias

20,00 €Preço